"Creio que uma forma de felicidade é a leitura!"

Resenha: A Rainha de Copas- Sangue no País das Maravilhas

Resenha: A Rainha de Copas -Sangue no País das Maravilhas
Série: Queen of Hearts #02
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 240
Cortesia cedida pela Editora

Cuidado resenha pode conter spoilers, sobre o primeiro livro da série!

Sinopse: Dinah, a princesa oficial do País das Maravilhas, está sendo perseguida após sua coroação ter sido arruinada e seu irmão brutalmente assassinado. Agora, quem ocupa o lugar que lhe pertencia ao lado de seu impiedoso pai , o Rei de Copas , é a meia-irmã Vittiore, e só restou a Dinah exilar-se na Floresta Retorcida na companhia de Morte , o temido Corcel.
Escondida na exuberante e misteriosa floresta, Dinah tem uma escolha a fazer: ela poderia fugir do País das Maravilhas para sempre ou retornar e lutar contra o rei pelo seu trono. Entretanto tal luta, só poderia resultar em um terrível derramamento de sangue.
Quando o encontro casual com um dos inimigos de seu pai leva Dinah a encontrar mais aliados do que jamais imaginou, a guerra se torna iminente. Mas, antes que Dinah possa levar  seu povo ao combate, ela deve enfrentar algumas verdades acerca de seu coração e de seu destino-não importa quão escuras estas verdades possam ser.
A revolução está chegando ao País das Maravilhas e a batalha de Dinah começou.


Após perceber que os arredores do castelo continham segredos obscuros, e que conforme o dia de sua coroação se aproximava mais perigo corria, Dinah, se vê perdida sem saber em quem confiar. E é em uma dessas noites, que enquanto vai ao quarto de seu irmão Charles o encontra caído e morto. Desesperada, ela tenta buscar ajuda , e é ai que se vê em meio a uma cilada que jamais imaginou, sendo acusada pelo seu brutal pai, pela morte de seu querido irmão.
Completamente perdida, ela recebe a ajuda de um estranho que lhe traz suprimentos e ajuda a fugir do palácio, além é claro de seu melhor amigo Wedley, que lhe entrega o mais temível dos corcéis , o único que lhe permitiria fugir rápido o suficiente das garras de seu pai.
"-Ela está aqui! Tragam-na para mim, morta ou viva. O valor de uma vida de salário e um cargo na corte serão dados a Carta que a trouxer. Ouçam-me , homens, cumpram seu dever e vinguem seu príncipe inocente! O sangue dele não será em vão!-pág 45



Com todo o exercito de Cartas no seu encalço tentando trazer a qualquer custo sua cabeça para seu pai, ela obriga-se a esconder-se na terrível floresta retorcida, e a viver a partir daquele momento como uma criminosa, a quem todos queriam morte. Sem saber porquê seu pai nutria por ela tanto ódio, e o que fazer para reaver seu trono, e fazer a vingança a morte de Charles.. ela vaga sem rumo, enfrentando um perigo atras do outro , passando fome e frio tudo a fim de sobreviver mais um dia. E é em um desses dias, que ela se vê em uma emboscada, seu pai e seu exército estão a um passo de pegá-la, e é ai quando menos espera que recebe ajuda. Uma ajuda que vem de onde ela menos espera. Um dos inimigos de seu pai, que lhe protegeu e deu informações valiosíssimas sobre a fama terrível que seu pai lhe dera, associou a ela toda a morte e destruição por qual o País de Copas passara a ela  pondo o palácio e todos os aldeões si e lhe intitulando Rainha Vermelha , e  nomeando sua Meia-Irmã como Rainha, dando a ela todos direitos e honras que pertenciam a Dinah.
Ódio, frieza e vingança, passam a ser as motivações de Dinah e é junto com a ajuda do seu novo amigo que ela aceita seu destino, vai se vingar e resgatar tudo o que lhe foi roubado. No meio de sua trajetória ela encontra com mais aliados, e juntos eles irão revolucionar e conquistar o que lhes foi roubado.

"Se não conseguia apagar o fogo que queimava dentro dela, iria atear fogo no País das Maravilhas."-pág 238


Sabe quando você espera uma continuação de uma leitura, e ela consegue ser bem mais que suas expectativas?? Bem foi bem assim que fiquei ao terminar de ler A Rainha de Copas- Sangue no País das Maravilhas, fiquei completamente chocada!!
Após ter sua vida completamente destruída por causa da tirania de seu pai, vamos acompanhando a trajetória de Dinah, e como fatos dolorosos a amadureceram e mudaram.
 A narrativa tem o foco central nessa mudança, e permite ao leitor amadurecer junto a personagem. Confesso que no começo achei o enredo  meio arrastado, devido a falta de reviravoltas comparando ao primeiro livro, mais quando terminei vi que os detalhes foram fundamentais para eu entender as motivações da personagem e me permitiu sentir-se um pouco em sua pele, compreendendo um pouco o  porquê da crueldade atribuída a Rainha Vermelha.
O mais me chama atenção na série Queens of Hearts é que ambos os livros  possibilitam ao leitor, entender e compreender lados não mostrados nas obras originais, que foram narrados de maneira tão perfeitas e alinhadas, que parecem ser uma parte da história não contada do livro escrito pelo próprio Lewis Carroll , pontinhas soltas deixadas para trás , que de maneira quase incrível se interligam, mantendo é  claro a originalidade do enredo, e  mesmo sendo parte de um universo totalmente novo,  vão te remetendo ao cenário original, possibilitando ao leitor imaginar, e sentir um gostinho de nostalgia em quanto lê.

Narrado em primeira pessoa , vamos crescendo vivendo, aprendendo e odiando junto com Dinah, e tenho certeza que muitas cabeças ainda irão rolar!!
Ah não posso deixar de citar a edição que está maravilhosa, com folhas amareladas, e detalhes de copas em cada página que deixa a leitura ainda mais agradável!!

"Eu sou a Rainha de Copas , ela pensou,e vou tomar meu trono!"-pág 170
Mal posso esperar pela continuação !! Não deixem de apaixonar por essa série, clica aqui em baixo e confira como tudo isso começou!
Resenha -A Rainha de Copas

18 comentários:

  1. Oii Faby.
    Para mim, quanto mais evolução um livro apresentar melhor ele é. Sou apaixonada por fantasia, e mesmo não gostando tanto de releituras, fico bastante envolvida pela proposta dessa obra. Eu amei sua resenha. Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Eu amo releituras e esse já é um que vai para minha lista, se há uma coisa que gosto em se tratando de gênero de fantasias, são as releituras. Aliás, era isso que eu sempre fazia nas aulas de Literatura Infantil, e saiam cada história linda.Sua resenha está perfeita, assim como as fotos e as capas desses livros. Bjus e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, tenho certeza que irá se apaixonar por essa releitura também!
      Beeijos

      Excluir
  3. Olá!
    Apesar de não ter lido o primeiro livro, fiquei super envolvida com sua resenha.Nao sei o que é pior: a morte do irmão ou a trsictr do pai. Que peso para conseguir lidar. Apaixonada por essas foto.
    Bjs!
    gatitaecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Como boa pessoinha que ama releituras já estou colocando essa saga na minha lista de livros a serem lidos.
    Acho interessante o modo como o livro mostra o lado da história que não conhecemos antes, e mostra que por trás da raiva e ódio tem motivos para sentimentos assim terem dado as caras.
    Parabéns pela resenha!
    Amei as fotos :).
    Bjo
    ~ Danii

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também gosto muito quando os autores, dão essa chance de resposta aos vilões kkk..
      Obrigada !!Beijos

      Excluir
  5. Oi como vai? Nossa que capa maravilhosa desse livro! É outro livro da série "Eu nunca ouvi falar" mas, já estou curiosa para ler e conhecer a história, além de uma capa linda, ainda possui história interessante para atiçar minha curiosidade. Parabéns pela resenha.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Faby, tudo bem ?

    Já tinha ouvido falarem muito bem do livro, mas confesso que tinha deixado de lado...então ver esse post foi uma grata surpresa e corri para deixar anotado aqui a dica de leitura. O livro parece ser maravilhoso, com certeza uma leitura que te traz um bom entretenimento e é muito bom conhecer o livro pelo olhar de outra leitora. A capa está linda, tendo um apelo visual enorme (amo capas) .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente estou apaixonada por essas capas também kkk
      Beeijos

      Excluir
  7. Olá! Essas capas são muito lindas! Achei a premissa bastante interessante e forte, como se fosse o início de uma história, sendo que aqui temos uma continuação. Corri pra saber sobre o primeiro livro e anotar a sua indicação. Adoro releituras justamente por causa disso, explorar elementos e detalhes que não nos são dados na obra original. Adorei a sua resenha, quero muito ler. Beijos.

    http://abducaoliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAahh.. leeia e depois me conte tudinho o que achou tá!
      Beeijs

      Excluir
  8. Desde a sua resenha anterior que estou de olho pra adquirir esses volumes!! Sua empolgação me empolga hahaha Achei incrível essa releitura :)

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu já tinha ficado mexida desde o primeiro livro, e estou descobrindo que existem muitos livros que são baseados nos "originais" ou que contam o lado dos vilões que não conhecíamos antes. Sendo sincera, eu não sou muito fã de contos de fadas e por isso não leio muito os livros desse gênero, mas fiquei tentada, a capa desse livro é lindo e me chamou a atenção em especial por ter lido uma "continuação" de Orgulho e preconceito que amei e da resenha anterior. ~Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaah <3 tenho certeza que irá se deliciar muito nessa leitura, super recomendo!
      Beeijos

      Excluir