"Creio que uma forma de felicidade é a leitura!"

Resenha : Desejo à Meia- Noite ( Os Hathways 1)

Resenha: Desejo a Meia-Noite  (Os Hathways 1)
Autora: Lisa Kleypas
Editora : Arqueiro
Páginas: 272


Sinopse-Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos- uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida.
Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmicos de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês. Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nuca se acostumou com a vida na sociedade londrina.
Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem .Mas parece que o destino já traçou outros planos.
Quando se muda com a família para a propriedade recém herdada em Hampshire, Amelia acredita que pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways . Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera.
E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan , que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e os sentimentos.
Será que Rohan , um cigano que preza pela sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar  à maior instituição de todos os tempos : o casamento?


Amelia Hathaway é uma jovem corajosa, guerreira e decidida. Após a morte de seus pais , ela fica com o cargo de chefe da família, e cabe a ela administrar a casa, cuidar da educação das irmãs e das  finanças, trabalho esse que seria designado a seu irmão mais velho Leo, que após perder o amor de sua vida devida a uma doença , nunca mais foi o mesmo, decidiu que passaria  a vida com mulher, jogando ou se embebedando.
Como se toda esse peso nas costas não fosse o bastante Amélia tem seu coração partido pelo amor de sua vida, e desde então decide que irá dedicar-se a família e tornar-se uma solteirona.
E é nessa luta em administrar e cuidar de tudo, ela precisa resgatar seu irmão Leo, que a dias saiu de casa sem dar explicações. Procurando entre uma taberna e outra, que ela conhece Can Rohan , um homem diferente de tudo que ela jamais conheceu , meio cigano meio irlandês. Rohan vivia longe de sua tribo, e  embora vivesse na sociedade Londrina, sofria muito preconceito devido a cor de sua pele, e a pela fama de ladrões adquirida pelos ciganos.
Embora muitos achassem isso dele, Rohan era um dos gerentes dos maiores clubes da cidade, e tinha um dom incrível para finanças e investimento, se ele investisse em uma fabrica falida, em pouco tempo ela começava a prosperar , o que para muitos seria um presente , para ele era uma maldição de boa sorte, já que para os ciganos acumular bens é meio que um pecado. Devido a esses dons ele era muito requisitado na alta sociedade. Mesmo vivendo dessa maneira, ele busca encontrar seus laços ciganos, sua verdadeira origem, dormir sobre o chão frio observando o céu estrelado..
Porém após conhecer Amelia, a mulher mais bela e irritante que já viu, ele sente uma atração diferente de tudo que já sentiu. Tinha vontade de ficar com ela , a roubar para si.. mais diferente dele Amelia queria um lar, quatro paredes segurança, já ele queria se aventurar.. nunca dariam certo. Ignorando seus sentimentos , eles seguem suas vidas. Porém o destino da um jeito de os unir novamente, agora resta a eles, abrirem mão do que julgam ser o certo para suas vidas, e entregar-se a esse novo sentimento.

" Ainda assim, acho que um dia você conhecerá um homem por quem valerá a pena abrir mão de sua independência."


Esse foi o meu primeiro contato com a escrita fantástica de Lisa Kleypas.
Confesso que no começo achei que a leitura seria arrastada, mais em poucas páginas ela consegui me envolver e surpreender.
Com uma narrativa com um toquinho clichê , leve, cativante  e fluída feito em primeira pessoa, a autora  nos apresenta os diferentes pontos de vistas tanto o de Amélia quanto o de Cam.
Mesmo tendo o casal como foco principal,ela consegue integrar os demais irmãos no enredo, contando um pouco mais sobre seus medos e peculiaridades.
A cultura cigana também inserida  no transcorrer da narrativa, modos, costumes ,preconceitos , e tabus inseridos pela sociedade com relação á esse povo também são bordado na trama.
O fato de Cam buscar por suas origens, descobrir quem era e de onde veio, traz um toque de mistério, onde vamos descobrindo junto com eles peças fundamentais para o desfecho da série de livros.
Contamos com uma narrativa recheada de descrições detalhadas  cenários bem construídos, descritos, desde as propriedades até os móveis existente nelas e   roupas utilizadas pela protagonista, além de  personagens bem desenvolvidos repletos de características marcantes, dessa forma  a  autora consegue fazer com que o leitor crie e visualize em sua mente, tudo o que é descrito por ela.
Além de contarmos com uma edição linda, com folhas amareladas, boa diagramação que da aquele toque a mais que amamos.
Ela  consegue mesclar com intensidade, humor, romance erótico, tudo na medida certa, sem tornar a leitura vulgar  , dando um toque de veracidade a leitura e  mantendo o amor como foco principal , e fazendo com que o leitor  sinta como ele  é capaz de transformar  as pessoas.

Para quem ama um romance de época , sem dúvidas irá se divertir e apaixonar pelos Hathways.







13 comentários:

  1. Uau. Apesar do romance, esse parece um livro diferente de todos os outros. Um cigano rico é uma mocinhas que assumiu o papel de chefe dá família. Quando vi essa parte de chefe de família, lembrei do livro proibido, apesar de não ter nada a ver com esse (espero) adorei sua resenha. Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3 Não tem nada a ver com Proibido não kk
      Beijos!

      Excluir
  2. Minha amiga me emprestou esse, com outros dois (cada um de uma série) de romance de banca, vou ler e te falo minhas impressões sobre ele. Até agora tenho gostado de romance de época, por um tipo de "evolução" dos conhecidos romances de banca. =) ~Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis, me conta depois o nome e se você gostou. Ainda não li nenhum romance de Banca, e seria um prazer <3
      Beijos!

      Excluir
  3. Adorei sua resenha, achei a história interessante e gosto muito da cultura cigana, parece ser uma leitura bem gostosa com esse "que" de amor proibido e tal. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Aprendi a amar muito romances de época. Agora mesmo estou lendo "Uma Noite como esta", o segundo livro do Quarteto Smythe-Smith da Julia Quinn e estou amando <3.
    Fiquei super curiosa para ler esse livro, gostei de saber que envolve cultura cigana, fora que a mocinha ser quem administra tudo é um motivo a mais para ler, mostra um maior poder feminino e tal, rs.
    Parabéns pela resenha! Amei!

    Bjo
    ~ Danii
    clubedofarol.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3 Estou doida para ler o Quarteto Smyte- Smith também, me conta depois o que achou!
      Beijos <3

      Excluir
  5. Olá,
    Amo histórias em que o destino conspira a favor do casal, é tão lindo.
    Sua resenha está maravilhosa e muito bem escrita. Fiquei curiosa para conhecer o livro e já estou pensando em colocá-lo na minha infinita lista de desejados hahaha.

    Amei!
    Beijos,
    www.lerantesdedormir.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que irá adorar a leitura!
      Beijos <3

      Excluir
  6. Olá. Adorei a resenha. Não gosto muito desse tipo de livro, então acho que não vou anotar a dica.
    Abraço, Raíssa
    http://umlivroeso.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/channel/UCqHjLsHMeYOeSAso9F1FUiQ

    ResponderExcluir
  7. Olá, sou debutante em romances de época mas fico cada vez mais encantada, a cultura cigana é interessantíssima e em um livro de romance como esse, deve deixar o enredo mais elaborado e agradável. Adorei e estou anotando a dica, bjs

    ResponderExcluir
  8. Que capa maravilhosa 😍❤ e a história tbem ❤ Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir